Bem Estar – Protetor solar deve ser repassado pelo menos a cada 4h, diz médica


Bem Estar – Protetor solar deve ser repassado pelo menos a cada 4h, diz médica:

‘via Blog this’

Anúncios

Emmy Awards 2011: os 10 makes mais bonitos usados pelas famosas


Confira de perto os 10 makes mais bonitos desfilados pelas famosas no tapete vermelho do Emmy Awards 2011




Sofia Vergara

Sofia Vergara também apostou no alaranjado para os lábios.
 E completou o visual com sombra cobre e cílios postiços.
 Poderosa!

Christina Hendriks

Christina Hendriks é pura inspiração para as ruivas de plantão.
A atriz provou que a moda do batom laranja é superdemocrática
 e combina com todas. 
E já que a boca é o destaque, uma sombra prata e delineador
 grossinho completaram o visual.

Kelly Osbourne

Pode-se dizer que Kelly Osbourne desfilou, sem dúvida alguma,
um dos makes mais bonitos do red carpet.
A base dos olhos foi preenchida com uma sombra marrom clara e
um delineado gatinho marcou a raiz dos cílios e côncavo.
O lápis preto na raiz inferior contribuiu para marcar ainda mais os olhos
 e uma sombra prata foi usada como ponto de luz.
 Nos lábios, o batom da moda: coral! 

Dianna Agron

A ideia de combinar a cor do make com a do vestido parece batida
para muitas mulheres, mas Dianna Agron provou que é possível
 seguir essa linha sem parecer ultrapassada. A atriz usou
 uma sombra azul escura na pálpebra móvel e
raiz dos cílios inferiores com muita elegância.
 Para completar, muita máscara para cílios e gloss rosado.

Evan Rachel Wood

Evan Rachel Wood consegue sempre se
 manter impecável sem grandes ousadias.
 A loira, que já tem um corte de cabelo bastante moderno,
 escolheu uma sombra marrom esfumada para destacar os olhos
 com sutileza. Nos lábios, um batom cereja completou a produção. 

Gwyneth Paltrow

Para quem tem olhos claros, o make usado por Gwyneth Paltrow é perfeito.
 A sombra prata ajuda a destacar ainda mais o olhar e um delineado preto
 da metade para fora reproduz uma sombra na medida.
 Nos lábios, gloss rosa.

Heidi Klum

Pelo que parece a sombra prata se transformou na queridinha das famosas.
 Heidi Klum a usou na pálpebra móvel e em toda a raiz inferior dos cílios.
 Uma sombra preta bem esfumada no canto externo completou o look.
 Para cílios de boneca, muita máscara.
 E, nos lábios, mais uma vez o gloss rosado. 

Katie Homes

A mãe da estilosíssima Suri preza pela discrição.
Katie Homes preferiu uma sombra marrom escura que nem ultrapassou
 a linha do côncavo. Nos lábios, batom rosado.
 Ótima inspiração também para o dia.

Kaley Cuoco

Kaley Cuoco também optou pela sombra marrom. Mas, no caso da atriz,
 o produto foi bem esfumado, quase alcançando a sobrancelha.
 Lápis marrom na raiz dos cílios, máscara para cílios
 e gloss rosa completaram o look jovem.

Lea Michele

Lea Michele apareceu deslumbrante na premiação com um
 vestido vermelho e, para o make, escolheu um tom contrastante,
 mas discreto: lilás. A atriz usou uma sombra metalizada lilás
para iluminar o olhar com um ponto de luz.
Nos lábios, o gloss deixou tudo mais sutil.







Atualizado em 19/9/2011
 Por Daniela Carasco  

Conteúdo do site MDEMULHER

Os Benefícios do Pó Mineral




O pó mineral pode ser considerado o melhor amigo da mulherada nos dias atuais, onde a busca para um look cada vez mais leve é a pedida e o desejo de todas. Ele é um pó mais leve, que deixa a pele maquiada, bem feita mas com aquele aspecto super natural. A maioria dos pós minerais garantem uma cobertura opaca, o que ajuda na concepção desse look natural.

Existem 2 tipos de acabamentos do pó mineral: o foundation e o mineral veil. O foundation, como o nome já diz, serve como base e garante uma cobertura mais forte, quase como uma base. Já o mineral veil é translúcido e serve para finalizar a pele após a base, não adicionando aquela camada forte de pó, deixando o look pesado, que nunca fica legal. Todos os dois tipos deixam a pele leve com aspecto aveludado, sendo o foundation menos dependente da base.


O pó mineral é mais indicado para os tipos de pele de normal a oleosa por absorver o excesso de óleo e eliminar o brilho que a oleosidade causa durante o decorrer do dia. Para as peles secas, é mais indicado o uso de base líquidas especiais para o seu tipo de pele, uma vez que elas ajudarão na hidratação.


A marca i.d. Minerals é vendida aqui nos EUA na Sephora e é uma marca muito bem conceituada. Existem tb o mesmo estilo de pó na Mac, Smashbox e várias outras marcas.. assim como a Mary Kay, que pra quem está no Brasil, é uma excelente opção de compra! ^^ Esse meu, comprei aqui mesmo(EUA) e adoro!
i.d. bare Minerals Confirma que os pós minerais são tão naturais e inofensivos à pele que pode-se até dormir com a make, sem efeitos colaterais. Eu não arrisco. Acho importantíssimo a retirada da maquiagem antes de dormir, mas só pra constar a informação dada pela empresa. Existe também a marca L’BEL , da empresa BELCORP: http://www.lbel.com.br/index.php?page=categoria&p1=maquiagem-pele&p2=&p3=

QUER ADQUIRIR OS PRODUTOS? ENTRE EM CONTATO:


fonte: byfafella.com

Otimismo – Ação para mudar a realidade! de soldelotus@yahoo.com.br (Budismo do Sol!) Fonte: Jornal BS de 10 set 2011.


O mais importante nos momentos de dificuldade é o otimismo. A pessoa determinada a superar obstáculos tem no otimismo a base para conquistar a vitória. O otimismo abre espaço para o coração ser preenchido pelo entusiasmo.

O que é otimismo?

Otimismo é a CONVICÇÃO PARA AGIR não importando as circunstâncias. É uma condição interior que não depende da vitória ou da derrota. É a força invencível que faz a pessoa entrar em AÇÃO PARA MUDAR A ­REALIDADE.

Uma expressão de fé

Otimismo é quando pensamentos, palavras e ações expressam a fé.

presidente Ikeda afirma: “Viver vigorosamente ultrapassando todas as provações é prova de que alguém compreende a eternidade da vida.A eternidade da vida não é algo que verificamos com nossos olhos, mas algo em que acreditamos. Acreditar significa basear a vida na Lei Mística. É o estado em que nossas ações manifestam a fé” (Brasil Seikyo, edição no 1.525, 25 de setembro de 1999, p. 4).

A fonte do otimismo

A fé na Lei Mística é a fonte. A Lei Mística é a própria vida. Quando se tem essa grande confiança, jamais se chega a um impasse. Todos os sofrimentos, as tristezas e a inércia são superados e o avanço é ilimitado.

Coração imbatível

O otimismo não se define pela vitória ou derrota. Mas é a certeza que a pessoa possui de que ela mesma é uma FONTE DE FORÇA para superar as situações mais intimidadoras. Não importa o que aconteça, o coração otimista é sempre imbatível.

Gosho (cartas do Nitiren Daishonin baseadas nos ensinamentos do Sutra de Lótus)

Buda Nitiren Daishonin sabiamente expressou esse otimismo por meio da seguinte frase: “O inverno nunca falha em se tornar em primavera” (END, v. 1, p. 336).

Não confunda

presidente Ikeda alerta: “O otimismo budista não é um ‘escapismo otimista’ daqueles que cruzam os braços e dizem: ‘De alguma maneira tudo se resolverá’.

Ao contrário, significa reconhecer claramente a maldade como maldade e o sofrimento como sofrimento, elutar com vigor e paixão para superá-los. Significa acreditar que você tem habilidade e força para lutar e vencer qualquer maldade e qualquer obstáculo. É uma luta otimista” (Ibidem).

Ah! É só isso?

“O otimismo não é o mesmo que leviandade. Otimismo é não ser derrotado pela dor, pela pobreza, pela crítica, pela calúnia, por nada. É ter força para golpear os obstáculos com a alegre atitude de pensar ‘Ah! É só isso?’” (Brasil Seikyo, edição no 1.355, 17 de fevereiro de 1996, p. 3).

O pessimista

“Um pessimista vê o pior em tudo, sempre vê a dor e o lado ruim das coisas. Não há fim nas preocupações de um pessimista: ‘O que farei se meu marido morrer?’, ‘O que farei se minha esposa adoecer?’, ‘E se eu não atingir as metas que estabeleci?’, ‘E se nossa filha começar a sair com alguém que não seja bom?’

Se os senhores estão sempre vendo o mundo através de olhos pessimistas, consequentemente sua mente, ou seu itinen (princípio budista), será colorida pelo pessimismo. Se for assim, não há maneira de encontrar a felicidade.

Se vocês estão sempre se preocupando — ‘eu nunca tenho dinheiro’ ou ‘Oh, não, outra reunião!’ ou ‘E seu eu for repreendido hoje de novo?’ — então, a própria vida, longe de ser agradável, não é nada a não ser uma dolorosa austeridade!” (BS, edição no 1.246, 16 de outubro de 1993, p.6).

O otimista

“Por outro lado, pode-se olhar o lado brilhante de tudo. Vocês podem olhar tudo o que acontece de modo positivo, esperançoso e alegre.

Isso é otimismo e o âmago do OTIMISMO É A FÉ.

Por exemplo, se adoecerem podem dizer: ‘Bem, agora tenho uma boa oportunidade para descansar. Terei tempo para pensar sobre coisas eternas e considerar o que é realmente importante. Que excelente oportunidade!’ E com esperança em seu coração vão declarar que não deixarão que a doença os derrote, que sobreviverão à ela e, dessa forma, conquistarão os demônios da doença.

Os otimistas são fortes, sempre enfrentam o que acontece e conduzem-se numa direção positiva. Os otimistas decidem se TRANSFORMAR PARA MELHOR, convictos de que podem fazê-lo” (Ibidem).

Conclusão

presidente Ikeda conclui: “Não temos com o que nos preocupar nem nada a temer. Ganhando ou perdendo, o mais importante é transformar as vitórias e derrotas em causas para triunfar na próxima luta.

Cada momento é um NOVO PONTO DE PARTIDA. A prática do Budismo da verdadeira causa está em continuar a avançar sempre com otimismo e confiança, ATÉ O PRÓXIMO TRIUNFO, firmemente unidos aos nossos companheiros de fé com o mesmo objetivo. Este ensino nos instiga a AVANÇAR A PARTIR DO MOMENTO PRESENTE” (BS, edição no 1.822, 3 de dezembro de 2005, p. A3).
Somos responsáveis por todos os seres vivos ao nosso redor! Por isso, não deixe seus “amigos de estimação procriarem”, não permita que seus descedentes sejam maltratados e jogados nas ruas. Até quando o SER HUMANO que é o animal “RACIONAL” vai tratar os outros seres vivos de forma cruel e irracional?

Ilumine a Maldade! de soldelotus@yahoo.com.br (Budismo do Sol!)


Passamos a vida tentando afastar a maldade: xô olho gordo, inveja, veneno, etc. Mas na realidade vivemos num mundo dual, tudo e todos têm um aspecto positivo e negativo. 

A maldade que se manifesta na nossa vida é resultado da nossa energia cármica, da nossa maldade interna, do nosso aspecto negativo da dualidade humana.
“Nascemos com um corpo e uma mente (efeito vital) e num ambiente (efeito ambiental) que equivale à nossa energia cármica. Naturalmente, vida e meio ambiente são de fato inseparáveis, pois ambos são manifestações (efeitos) de nossa energia cármica”
 

Muitas vezes culpamos pessoas e situações pelas “rasteiras” que tomamos na vida, efeitos da maldade, porém a maldade é subjetiva e a sua manifestação é objetiva – poderia se manifestar em qualquer um ou situação. A partir do momento que resolvemos o problema aparente, ela se manifesta de forma diferente usando outras pessoas em outras situações – é a mesma maldade com o objeto diferente.

Todas as pessoas possuem essa escuridão fundamental na vida. Nitiren Daishonin afirma que ela existe também na vida dos budas.

Portanto, no caso dos bodhisattvas que se encontram no nível da iluminação quase perfeita, a escuridão fundamental de sua vida pode ativar a função do Rei Demônio e impedi-los de chegar ao estado da perfeita iluminação, ou estado de Buda.

Se isso pode ocorrer com os bodhisattvas que estão no penúltimo estágio, quão mais expostos não estaríamos nóspessoas comuns. 

O Rei Demônio do Sexto Céu é o ímpeto negativo que reside nas profundezas da vida das pessoas.É a negatividade ou a natureza destrutiva que dá origem ao desejo de controlar os demais, fazer fofoca, “picuinha”, de ser traiçoeiro e inclusive de tirar-lhes a vida, que causa a destruição e a guerra

Vale lembrar que estamos falando de um sutra que foi ensinado na Índia há quase 3.000 anos, a cultura do país é cheia de fantasias e muitas vezes o Buda Shakyamuni usa deste artifício para passar os seus ensinamentos.

O Rei demônio é o próprio aspecto negativo, maldade, que existe em nossas vidas e o Sexto céu é um lugar imaginário que o Demônio/ maldade habita, ou seja, o sexto céu é a nossa própria vida. 

“O Rei Demônio do Sexto Céu está representado no Gohonzon. Assim, quando oramos ao supremo objeto de devoção, o Rei Demônio obedece ao Gohonzon [à Lei de Nam-myoho-rengue-kyo]. O Rei Demônio ordenará aos líderes dessa força insidiosa que se detenham.
potencial originalmente iluminado do Rei Demônio se manifesta por meio do Gohonzon. De fato, todas as entidades [nele representadas] mostram os dignos atributos inatos quando são iluminados pelo Nam-myoho-rengue-kyo”. 

Ele prosseguiu dizendo: “O Rei Demônio do Sexto Céu então se converte pela primeira vez numa entidade que ajuda e beneficia as pessoas”. Essas observações se relacionam com um profundo princípio que é a essência do Budismo Nitiren.
 

Esta é uma passagem complexa e que vale uma boa meditação para ser entendida de forma plena.
 

A chave da questão não é afastar a maldade, porque assim ela se manifestará de forma diferente no futuro, e sim ILUMINÁ-LA!
 

Assim como nós somos duais, a maldade também é! Então, vamos meditar, fazer daimoku, e determinar que a maldade que existe em nossas vidas se ilumine.
 

Assim que acontece esta iluminação TODOS os benefícios da prática budista se revelam, é a própria felicidade absoluta! 
 

Se tiver forte fé, então, assim como o sutra afirma, você obterá uma nova e poderosa energia vital, conseguindo uma renovação na vida no que diz respeito aos seus negócios e também a sua saúde. (…) [As coisas de que você necessita para o sustento de sua vida] continuarão a brotar, tal como a água borbulhando da terra.”

Fonte: Gosho “carta aos Irmãos”
Somos responsáveis por todos os seres vivos ao nosso redor! Por isso, não deixe seus “amigos de estimação procriarem”, não permita que seus descedentes sejam maltratados e jogados nas ruas. Até quando o SER HUMANO que é o animal “RACIONAL” vai tratar os outros seres vivos de forma cruel e irracional?