Fim do ano vem aí — época de vencer!

Editorial

Edição 2106 – Publicado em 05/Novembro/2011 – Página A2



Menos de dois meses nos separam de 2012, Ano da Expansão da Gakkai de Força Jovem. 
O próximo será o do fortalecimento de cada núcleo da organização, o Bloco Monarca. Todos nós temos objetivos que desejamos alcançar até o fim do ano. Portanto, estamos na fase derradeira de uma luta visando alcançar a vitória total em todos os aspectos. Qual é a prioridade, então? Ela seria tão somente os nossos ­objetivos ou os da organização?
Diz o presidente Ikeda: “A organização existe para que cada um trilhe corretamente o caminho do Budismo e do Kossen-rufu. Isso significa que os membros não existem em prol da organização, e sim o contrário. Solicito que sejam líderes capazes de respeitar o sentimento dos membros. Além disso, valorizem e unam-se ao máximo para edificar uma organização do Kossen-rufu verdadeiramente harmoniosa.” (1)
Uma organização vitoriosa é a que seus integrantes são realmente felizes e conquistam vitórias. Mas, para que isso seja possível, a atuação conjunta visando os objetivos da organização é a causa que assegura a conquista dos benefícios.
O objetivo é o de propiciar a felicidade as pessoas e, por isso, a conquista do Bloco Monarca veio oferecendo os meios mais eficazes para tornar isso possível: quadro de líderes completo representa força, união e diversidade necessária para estabelecer diálogos construtivos; a disposição ativa de seus integrantes é possível graças à participação constante nas reuniões de palestra; o estudo do Budismo, indispensável para a correta prática da fé, encontra-se na participação do BVD (Budismo na Vida Diária) e no Exame de Budismo; o exercício do espírito de gratidão e doação se evidencia na participação sincera do Kofu; e a profunda relação da unicidade de mestre e discípulo manifesta-se no espírito de procura, na leitura de suas orientações contidas nas publicações da BSGI.

Prezar cada pessoa. Porque 
cada uma é um Buda
Coragem e sabedoria foram os temas da última reunião de palestra, baseados no escrito de Nitiren Daishonin Cartas aos Irmãos. Observe o trecho conclusivo: “A sabedoria e a coragem só surgem simultaneamente quando têm sua fonte comum na energia vital da própria pessoa. A Lei Mística é uma fonte inesgotável de energia vital e existe dentro de todas as pessoas.” (2)
Por mais que sintamos o sincero desejo e a forte paixão pelo Kossen-rufu, enquanto ficarmos somente no nível teórico, o benefício também permanece latente. A coragem e a sabedoria brilham quando colocamos em ação todos os nossos sentimentos.
O Mestre afirma: “É por essa razão que sempre afirmo que uma única pessoa é tão importante. Uma única vida possui a mesma amplitude que o universo inteiro, merecendo supremo respeito. É difícil as pessoas compreenderem isso. É fundamental a atitude de sairmos de nosso caminho para encorajar não apenas os que estão próximos a nós como também aqueles que estão lutando imperceptivelmente nos bastidores. Prestar atenção somente aos que estão na nossa frente nada mais é do que burocracia. Em primeiro lugar, um budista busca iluminar a vida daqueles que normalmente ficam no anonimato. Devemos nos esforçar para inspirar cada pessoa e ajudá-la a se tornar feliz. Esse é o significado de Kossen-rufu. Se nos desviarmos desse caminho fundamental e tentarmos conduzir a organização do topo, vamos retroceder e nos tornar completamente improdutivos.”(3)
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s