Esmaltes-Brasileiros-passam-por-teste-e-fabricantes-são-questionados

http://www.ecofashionmag.com/portal/2011/05/esmaltes-brasileiros-passam-por-teste-e-fabricantes-sao-questionados/

As mulheres brasileiras são consideradas as maiores consumidoras de cosméticos e produtos de beleza do mundo. O nosso serviço de manicure e pedicure são os mais cobiçados e, todos os dias, novos produtos são lançados no mercado. Somente para as unhas, a cada temporada, são lançados uma infinidade de cores e acabamentos diferenciados.
Embora existam leis de controle de substâncias utilizadas na composição dos esmaltes que usamos semanalmente, ainda não conseguimos mensurar o quão prejudicial ele pode ser para o nosso organismo.
Em análise desenvolvida pela Pro Teste, orgão de defesa do consumidor, constatou-se que os esmaltes brasileiros apresentaram substâncias alergênicas nas suas fórmulas.
As substâncias encontradas não têm uso proibido em cosméticos no Brasil, de acordo com a Anvisa ( Agência Nacional de Vigilância Sanitária). Na Europa, esses compostos são banidos ou obedecem um limite de concentração e, alguns já foram ligados ao desenvolvimento de câncer em animais. Nos Estados Unidos, estas substâncias são usadas com frequência em cosméticos.
No teste realizado pela Pro Teste em parceria com laboratório francês, foram analisados 12 esmaltes de 3 marcas: Colorama, Risqué e Impala, com certeza, os mais consumidos por aqui.
De acordo com os resultados apresentados, a única linha de esmaltes nacional que seriam considerados seguros na Europa são os da Colorama e os hipoalergênicos da Risqué. Todos os da Impala foram reprovados.
Os compostos encontrados nos esmaltes – dibutilftalato, nitrotolueno, tolueno e furfural – são solventes e substâncias usadas em pigmentos e para conservação e brilho do esmalte.
As amostras dos esmaltes analisados foram comprados em farmácias do Rio de Janeiro e enviadas à um laboratório na França. Por meio de cromatografia gasosa, método de separação de misturas, foi medido a concentração das substâncias e, as notas e classificações foram feitas de acordo com os limites estabelecidos pela Comissão Européia.
Para Maria Inês Dolci, coordenadora da Pro Teste, o resultado da pesquisa demonstra a necessidade de regulamentar o uso destes compostos no Brasil.
Especialistas afirmam que, apesar das evidências em testes com animais, não há provas de que as substâncias causem câncer em humanos.
Segundo a dermatologista Meire Gonzaga, professora da Faculdade de Medicina do ABC, as substâncias podem causar algumas alergias. Os sintomas são cutículas ressecadas, vermelhidão em torno das unhas, irritação na pele do pescoço e ao redor dos olhos e lábios ressecados.
A entidade enviou os resultados à Anvisa e ao Ministério Público Federal, pedindo que as substâncias não sejam utilizadas no Brasil.
Fabricantes das marcas testadas disseram que estão de acordo com a regulamentação nacional. A Risqué, em nota, informou que segue rigorosamente as legislações vigentes e que as substâncias por eles utilizadas são aprovadas pela Anvisa e cumprem os níveis permitidos de segurança.
O Laboratório Avamiller de Cosméticos, responsável pela Impala, afirmou que todos os esmaltes da marca, inclusive os hipoalergênicos, seguem as leis nacionais. A empresa ainda desse que os produtos passam por “testes clínicos de sensibilização cutãnea e fotoalergica” recomendados pela Anvisa.
A Colorama, da L’Oreal, diz que em 2005, as fórmulas foram alteradas para excluir os compostos, mas alguns ainda estão presentes, em níveis baixos.
A partir de agora, ao escolher o esmalte que vai colorir suas mãos e pés, faça uma escolha consciente e preserve a saúde do seu corpo. Dê preferência aos produtos e empresas que respeitam as leis e o consumidor.
Tags:colorama, esmaltes com substancias que causam alergia, impala, risqué, teste colorama, teste esmaltes brasileiros, teste impala, teste risque

Bida Thomazini é a editora da EcoFashion Magazine. Publicitária, estilista, já atuou em várias áreas ligadas ao mundo da moda.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s